Ritual da arruda - Vovó Maria Conga


Nome científico: Ruta graveolens


Originária da região mediterrânea, na Grécia antiga, a arruda era usada contra as forças do mal. Essa erva em tempos remotos era usada para aspergir água benta em missas solenes. A arruda sempre foi muito usada principalmente em rituais de exorcismo, onde era misturada com vinho e dado às pessoas supostamente "possuídas". Aqui no Brasil, escravas africanas vendiam galhos de arruda como amuleto e além de vender, carregavam junto a si, como proteção. Nessa mesma época, era feito um preparo com bastante arruda para fazer abortos.


É considerada erva de exu, e alguns especialistas recomendam tomar banho somente do pescoço para baixo. É uma erva fundamentalmente de limpeza e proteção; algumas pessoas usam pequenos galhos atrás da orelha para proteger do mau olhado.

Nesse ritual, usaremos a arruda para quebrar qualquer energia negativa, principalmente de magia negra direcionada a você.


Indicamos também sempre ter um vaso com arruda em casa como proteção.

Ingredientes:

2 ramos de arruda

1 prato branco (pode ser usado)

1 papel branco

1 lápis

1 vela de 7 dias verde escuro


Preparo:

Em um papel, escreva seu nome completo de batismo e seu endereço,

Coloque no centro do prato; em seguida acenda a vela verde; segure um ramo de arruda e faça a seguinte oração:


Oração de proteção contra energia negativa

Vovó Maria Conga: vós que em sua vida terrena foi poderosa na magia; com a proteção de nossos amigos guardiões e com as forças dos 4 elementos: Terra, fogo, água e ar, peço que seja quebrada toda feitiçaria e imantações negativas, direcionadas a mim e aos meus. Que através da sagrada linha de Yorimá eu me proteja e me fortaleça para que nenhum mal possa me atingir. E a todos que me desejam o mal, peço que seus caminhos sejam iluminados pela luz de Cristo. Salve!


Em seguida, passe o ramo de arruda por todo o seu corpo, como se estivesse varrendo as energias negativas. Enquanto passa, mentalize seu corpo sendo blindado contra as energias negativas. Ao terminar, coloque o ramo de arruda do lado esquerdo do prato ao lado da vela.  Com o segundo ramo de arruda faça um banho com dois litros de água e após o banho de limpeza, jogue do pescoço para baixo. Esse banho deve ser feito às segundas- feiras.


E esse ritual deve ser feito no banheiro. Faça a oração durante 7 dias e com bastante fé; no oitavo dia, os resíduos da vela e a arruda do prato devem ser descartados no lixo comum.

1,035 visualizações2 comentários

© 2020 por Marcia Moraes todos os direitos reservados

politica de privacidade