O Guerreiro aflito



O Guerreiro pode ser um homem ou uma mulher que através da leitura de suas batalhas, os questionamentos surgem.


Por que? E para que?

O passado vencido porque as conquistas estão implantadas no presente, hoje o guerreiro herda uma lição preciosa de seus antepassados, a lição da harmonia familiar.

Então exausto olha para traz, olha para frente e percebe que ainda tem que continuar, mas o guerreiro sabe que para seguir em uma nova trajetória necessita mais folego, mais prazer e fé!


A fé não ecoa mais na multidão, esse brado retumbante de seus seguidores está fraco e sutil. O guerreiro não vê a sua verdade refletida mais nas pessoas, porque tudo evolui ao seu redor e todos tomaram novos rumos.


Mas em seu interior ainda existe a chama da vida, que é a força propulsora que ainda ele precisa caminhar, não mais pelas batalhas diárias, não mais se fortalecendo nas fraquezas das experiências dos outros que um dia ele os ajudou a se tornarem guerreiros.


Ele precisa seguir, entendo que é incapaz de ver que o Sábio e o Destino trabalham de mãos dadas.


O Sábio não precisa mais usar a espada para lutar contra as adversidades da vida.

Por essa razão o conflito cresce, porque o guerreiro ficou muito tempo lutando e vencendo, vencendo na luta e com fé.

Fé?

Aonde está a fé do guerreiro aflito, agora que ele deve buscar uma nova viagem para seguir, ele teme, por tudo o que conquistou na batalha.

Batalha?

O guerreiro está casando, olha a vida sobre um prisma diferente, seus valores mudaram, porque ele está se tornando Sábio, seu bem mais precioso sua família, mas sua família não cabe mais em um pequeno quarto porque também cresceram, se tornaram homens e mulheres.


E o guerreiro envelheceu, amadureceu, e sabe que através de suas batalhas hoje ele é visto pelo seus familiares como um vencedor, como um grande guerreiro.

Guerreiro?

Ele não quer mais esse titulo, ele quer saborear a vida, sentir prazer no acordar, no olhar de seus filhos, nos risos da família reunida, experimentar novas ideias, novos horizontes, novos conhecimentos, ele quer se tornar Sábio.


Neste conflito, ele deseja respostas que satisfaçam as suas necessidades emocionais e todos os motivos que levam a essa transformação são como bumerangues em seu mental, como adubo para romper com tudo e se voltar para a sua verdade.

Se tornar Sábio!


Mas e Eles?

Eles, seus Amigos Espirituais que um dia lá no passado jogaram a corda para que ele subisse e deslumbrasse o campo de batalha para as suas conquistas de hoje.

E ele não se deteve na subida, é claro, que usou uma parte dos ensinamentos de seus Amigos Espirituais, porque nada nesta vida é perfeito, é como se quisesse contar todas as estrelas do céu, os ensinamentos espirituais são ilimitados, mas no vivenciar humano ser torna limitado.


O guerreiro está em uma encruzilhada, porque ele sabe porque conquistou tudo, foi por Eles e com a força Deles, seus Amigos Espirituais.

Não existe mais pressão, o guerreiro só está cansado de empunhar a espada, ele se volta novamente para família e deseja mais...


Deseja uma vida que o dinheiro não paga, uma vida com os seus.

A alegria e a harmonia familiar que ele possuí o torna rico, e todas as batalhas que ainda estariam por vir, são destruídas pelos sorrisos de seus familiares.

O guerreiro nas batalhas ainda não conquistou autoconhecimento, mas seu coração tem a consciência que muito ele sabe.


E nesse saber revelado, ele clama aos céus para que o abençoe nesta decisão que irá tomar.


Ele precisa parar de lutar!


Ele não pode negar a si mesmo que está sendo chamado, ele quer acreditar no chamado, porque não existe mais um exercito para guiar.


As células de seu corpo falam da necessidade de parar para ser um viajante de sua vida, não mais o condutor, mas aquele que saboreia o vento, o amanhecer, o sol, as dificuldades sem pressão, os obstáculos pelo conhecimento, e a vida para amar, e amar para ser, amar para crer em si e crendo em si, a fé perpetua, porque ele se tornou Sábio.

767 visualizações13 comentários

© 2020 por Marcia Moraes todos os direitos reservados

politica de privacidade