O caos na humanidade



Você sabia que simbolicamente as cartas de tarot retratam o caos na humanidade?


É claro que terapeuticamente simboliza o caos interno de cada ser humano, por exemplo:


A carta 12 – O enforcado.


Quem não viveu uma das crises mundiais:

Sobre a forma de desemprego forçado, pobreza, doença, revolução, matança de fetos, assassinatos, suicídios, vícios, perversões, casamentos infelizes, falta de religiosidade e distúrbios mentais.


A carta do enforcado é intensificação da dor do mundo ou da sua dor, é aquilo que se repete você tendo ou não consciência, faz parte da história da humanidade.


Em compensação temos a carta 10 – A roda da fortuna que diz dos lados opostos. A humanidade possui riquezas imensas, mas vive na pobreza; tem fontes de nutrição inesgotáveis, mas passa fome; dispõe de condições para a saúde, mas apresenta uma lista infindável de doenças; possui imensos “cavalos de força” ou meios para deixar que os elementos trabalhem por si próprios, mas come todavia o pão com o suor do rosto; tem governos, ministros, presidentes, reis e ditadores, mas vive no caos e na escuridão; tem igrejas, templos, profetas e redentores do mundo, por meio dos quais o grande mandamento: – “amai-vos uns aos outros” virá piada.


E quem nunca teve essas oscilações na vida?

O tarot uma ferramenta tão antiga mas ao mesmo tempo tão verdadeira exprime em cada lâmina (carta) a verdade nas verdades ilusórias.


O tarot ditado por essa Egregora Cria ti na Luz diz que se você tivesse uma visão de conjunto total sobre sua própria força, sua psico-análise lhe mostraria que de todo se, apesar disto, ainda não pode cessar a subida do balde que contém a profundidade do ser, é porque ainda não fez as experiências suficientes e, por isso, ainda não tem esse controle sobre si mesmo, que é necessário para evitar os desequilíbrios sob os quais vive.


O velho deve sucumbir.


0 visualização