Numeromancia do mês | Revista Semanal Cria Ti Na Luz Vol 3




Numeromancia do mês de Setembro


Chuva e Trovão nos oferecem uma efervescência de caminhos, e assim que será a grande limpeza harmoniosa do mês de setembro, principalmente como a sociedade passa por grandes mudanças, neste momento de pandemia. Não se intimide.

Este mês representará as múltiplas possibilidades que existem no início de um recomeço. São tantas as alternativas que, muitas vezes, ficamos sem saber que rumo tomar. Mas não devemos permitir que a tempestade, que o caos, nos intimide. Também não é aconselhável que nos forcemos a resolver uma situação apenas para sair dela o mais rapidamente possível. É preciso perseverar na não-ação, no desprendimento.


É comum quando nos encontramos numa situação em que a tensão nos impede de ter uma verdadeira perspectiva. Por isso, acabamos por adotar qualquer solução que se apresente, precipitando-nos. Só é possível termos uma perspectiva do problema vivido quando nos livramos das tensões e encaramos a situação como algo que merece reflexão. Pedir ajuda a Espiritualidade também ajuda. É preciso compreender que essas situações de mudança contêm múltiplas boas possibilidades.


Mas, muitas vezes, só percebemos isso bem mais tarde, quando já superamos a situação. Mas esse momento deve ser entendido como algo muito dinâmico, no qual há mutações em processo. Mudanças no mundo interior começam a se projetar no exterior. Para que elas cheguem ao fim, não devemos interferir. Elas devem simplesmente seguir o seu curso. O único papel que nos cabe é o da paciência e o da humildade em pedir ajuda. Não adianta forçar um determinado desfecho. Um insight surgirá, trazendo uma solução. É imperioso que confiemos no Poder Superior. As coisas só funcionarão quando seguirmos a verdade e fizermos o que for certo. A desistência provoca o fracasso. É preciso deixar a "roda do destino" começar a rodar no sentido do progresso. Mas isso acontecerá naturalmente, sem atitudes que forcem um resultado.




CRONOGRAMA DAS AULAS.


DIA 11 de Setembro às 8:30

Curso Reino Vegetal 3.0 – Maestria das Ervas


DIA 11 de Setembro às 10:30

Curso Avatar 4.0


DIA 11 de Setembro às 16:00

Curso Soulunar 2.0




Temperamentos e os seus Mimimis

Você sabia que o seu temperamento influencia como lida com a sua vida?


Suas reações!

É o temperamento que torna a pessoa extrovertida ou introvertida, que faz com que uma pessoa se interesse por desporto e outra pela música e pela arte. O temperamento influencia todas as nossas ações, desde os hábitos de sono, estudo ou hábitos alimentares e mesmo na forma como vivemos o dia a dia ou nos relacionamos ou comunicamos com as outras pessoas. Vamos ver como você se identifica com as reações dos temperamentos abaixo?

1- Do cobrador: Pessoa que vive cobrando sobre tudo, sobre o comportamento da outra, do porquê de não a haver sido avisado ou chamado para isso ou aquilo; porque não foi visitado, porque a pessoa não telefonou, porque não foi ao seu aniversário, etc. Parece que não tem outra conversa, a não ser cobrar alguma coisa. Reclama de tudo e assim acaba irritando, e desse modo cansa a emissão de energia do ouvinte e abre as defesas energéticas deste. Cobra o outro dos seus próprios erros, Por meio da irritação, e do tédio que causa o ouvinte perde energia, que, por certo, é absorvida pelo cobrador.


2-Do crítico: Pessoa que só sabe abrir a boca para comer ou para criticar. Crítica, e assim acaba deixando o ouvinte desmotivado.


3- Do pegajoso: Pessoa que “cola” na outra, que sempre estão chegando perto, que muitas vezes não deixa a vítima respirar para ter outros amigos. Sua ação parece muito com a do Ciumento. O pegajoso sempre acha algum pretexto para se aproximar e iniciar algum papo. Acontece que vezes se contentam até mesmo em só ficar perto.


4- Da esponja: Também chamado de possessivo. Pessoa que se julga dona de outra, que não deixa que alguma outra se aproximem da vítima, que evitam até que tenha amigos, etc. Julga-se dona da outra pessoa, quase dizendo ele (ela) é só minha.


5- Bajulador: Não perde ocasião para enaltecer o ego da vítima fazendo com que se exalte e assim abra guarda de suas defesas, e assim se torne mais vulnerável. Dizem que um dos maiores consumidores de energia é da importância pessoal. Enaltecendo reforça o ego da vítima, desencadeia o sentimento exacerbado de importância pessoal. A maior parte da sua energia vai para o sustento da sua importância pessoal.


6- O reclamador: Vive reclamando de tudo, da família, dos conhecidos, dos políticos, das organizações, etc. Não sabe fazer outra coisa a não ser o de criticar, e se a pessoa não aceita isso acaba no mínimo ficando exausta e abrindo as defesas.


7- tagarela: Fala demais, fala através dos seus sentimentos negativos. Fala tanto que quer prender atenção do outro. Não dá tempo nem ao menos para examinar, ouvir um comentário da outra para o estabelecimento de um diálogo. Não se dá conta de que está cansando o outro com o metralhar de palavras. Se não for interrompido por algum motivo, tende a falar horas seguidas, se o ouvinte deixar que o faça.


8- O lamentoso: Pessoas que só chegam para se lamentar, contar dos seus infortúnios, da situação econômica, de suas dificuldades. Normalmente reclamam o tempo todo, dizendo que está sendo vítima de alguém, que está sendo usado por alguém, que está obsediado, macumbado.


9- negativista: Trata-se daquele tipo de pessoa que só “vê o mundo através de um vidro esfumaçado”, que não consegue ver o lado positivo de coisa alguma. Assim acaba por deprimir o ouvinte determinando perda de energia a qual é sugada prontamente. Existe apenas um caminho que não irá dar certo, ele só enxerga o caminho que deseja enxergar.


10- O hipocondríaco: Esse é um tipo muito comum, aquele que mal chega diante de você e já começa a falar de sua saúde, se lamentar, e falar especialmente de enfermidades doenças. Quem se dá ao sacrifício de suportá-los acaba por também se tornar doente, cansado.


11 -O encrenqueiro: Pessoas que vive fuxicando, gerando desavenças entre as pessoas, fofocas, não guarda segredo, e o seu lucro se prende ao ódio dos envolvidos, e a consequente descarga energética.

12-O insuflador: Vive insuflando situações emocionais, instigando desavenças, discórdias rancores, ódios, quer ser o sol das relações, o centro das atenções, nem que para isso coloque todos como errados e ele é o único correto da história.


13- O super-protetor: Aquele que vive participando de tudo no tocante a superproteção. Nem sempre uma pessoa assim é um altruísta, um caridoso. Sente-se bem nesse tipo de atitude pelo conforto que sentem resultando da energia de ajudar o outro. E na maioria das vezes não se protege.


14-O brilhante: Por conta que tem muito dinheiro, acha que sabe de tudo, que pode comprar tudo, se sente confortável em dizer as marcas dos fabricantes de tudo que conseguiu comprar. Ou é brilhante sem dinheiro, mas coloca tanto poder que quem o vê pensa que tem.




Você Sabia?

A maior parte das receitas da Vovó Maria Conga, Ela nos relata da importância dos óleos vegetais, e principalmente como usa-los, para isso colocamos alguns para que se torne alquimista de suas receitas.

Mãos a Obra?

Óleos Vegetais

São gorduras extraídas de diversas partes das plantas. Raízes, polpa, flores, caules, folhas e sementes são matérias-primas para a extração dos óleos vegetais. Cada óleo vegetal possui propriedades específicas que são direcionadas para diversas finalidades, como alimentação, cosméticos, combustível, fins terapêuticos, entre outros. Os óleos vegetais possuem muitos benefícios. Alguns possuem propriedades bactericidas, antissépticas e anti-inflamatórias. Por meio de aplicações cosméticas e fitoterápicas, eles podem hidratar a pele e o cabelo, fornecer vitaminas, tratar alergias, feridas, estrias e até fazer bem para os dentes.


Conheça alguns óleos vegetais:


Óleo de andiroba: Sua maior aplicação é no uso como repelente natural contra insetos e no tratamento de coceiras e picadas causadas por estes, devido sua propriedade cicatrizante. Também é ótimo para tratamento de piolho, podendo ser aplicado diretamente no couro cabeludo. É utilizado na massoterapia, pois tem ação cicatrizante e anti-inflamatória, que é potencializada quando massageado, relaxando os músculos e aliviando dores musculares e inflamações. Na indústria de cosméticos, ele é muito utilizado devido sua propriedade emoliente, que proporciona hidratação e nutrição à pele e aos cabelos.


Óleo de buriti: possui alta estabilidade oxidativa, pois é um óleo rico em betacaroteno, que possui grande capacidade de renovação celular e que também funciona como um excelente esfoliante natural. A vitamina A combate radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce. Essas substâncias se ligam ao colágeno da pele, resultando na melhora da elasticidade e na redução do envelhecimento. É muito utilizado na indústria cosmética, em protetores solares e loções pós-sol, por apresentar efeito anti-irritante que alivia a vermelhidão causada pelos raios solares, e protege a pele dos raios UV e de radiações causadoras de câncer de pele.


Óleo de coco: ajuda a prevenir danos causados aos cabelos por causa da penteação e trata os fios danificados química (clareamentos) e termicamente (água quente do chuveiro, calor de chapinhas, secadores, etc.). Atua em peles secas, escamosas, ásperas. É um ótimo demaquilante e pode exercer a função de esfoliação da pele - se misturado a borra de café. Em tempos de temperaturas muito baixas ou elevadas, o óleo de coco também é um ótimo hidratante labial. Se misturado a óleos essenciais bactericidas e bicarbonato de sódio, o óleo de coco exerce a função de desodorizar e ao mesmo tempo hidratar as axilas.


Óleo de copaíba: indicado para o tratamento da pele, auxilia a eliminação e redução de cicatrizes, celulites e estrias. Se aplicado em regiões com marcas e manchas, o óleo de copaíba auxilia no clareamento quando misturado com outros óleos vegetais. Auxilia na hidratação e maciez da pele, além de regenerar o colágeno, melhorando a elasticidade da pele e deixando-a com aspecto firme e jovem. Nos cabelos é utilizado pela indústria cosmética na fabricação de xampus e cremes hidratantes. Ele equilibra a oleosidade, trata micoses, caspas e seborreia do couro cabeludo. Protege os cabelos tingidos e deixa os fios brilhantes e macios.


Óleo gergelim: pode ser aplicado na manutenção, proteção e hidratação da pele e dos cabelos.


Óleo de girassol : tem indicação no tratamento da pele, para hidratar, amaciar, nutrir e até ajudar no processo de cicatrização. Tem efeito reparador de tecidos, por ser rico em vitamina E. Nos cabelos pode ser utilizado nos fios com o propósito de atuar como creme protetor, hidratar fios secos e acrescentar brilho.


Óleo de palmiste: é ótimo condutor para massagem, proporciona nutrição à pele e ajuda na desinflamação. Ajuda no combate ao envelhecimento e confere à pele maciez e lubrificação, além de preservar a elasticidade natural. Auxilia no tratamento de acnes. Pode ser usado em qualquer tipo de pele, até mesmo naquelas com tendência oleosa, já que apresenta rápida absorção, não obstruindo os poros, possibilitando assim que a pele respire. Ajuda também na nutrição de cabelos danificados e no tratamento contra caspa.




Herbal Astrológico

Introdução:

Com o Herbal Astrológico você irá trabalhar na semana seus aspectos positivos, identificando a partir das características do seu signo a expansão da erva que decidir tratar com o seu uso intuitivo, lembrando que você é professor de si mesmo. Você saberá como usar a erva identificada na semana através de banhos, colocar no travesseiro, na sola dos pés, na cama, usar na limpeza da casa, colocar como arranjo vegetal ou floral na casa, enfim use e abuse da sua intuição, menos usar via oral.

Vamos lá:

Semana do dia 11/9 a 17/9.

Aries, pare de olhar o que não te agrada ou funciona, é preciso espaço na mente para perceber as soluções, e os caminhos, sua visão estará livre para as descobertas das melhores lições. O despertar das renovações, e as alegrias, que são suas maiores potências realizadoras se apresentarão, tudo fluirá. Quando uma tempestade cai, na maioria das vezes arrasta muita coisa que não tem mais utilidade, as imperfeições que ficam, acabam por

serem restauradas como a lei da natureza. É a limpeza necessária para trazer outro ciclo de renovação. O vazio é necessário, para surgir a transformação. Ervas da semana: lavanda, erva doce, folha da bananeira, capim limão e folha do abacateiro.

Touro, concentre-se em seus objetivos, seja menos crítico e mais observador, busque a solução não o culpado, livre-se das armadilhas causadas por antigas repetições. Pense nas escolhas. O que você tem a agradecer na vida?

Concentre-se no melhor e o melhor virá. Ervas das semana: boldo do chile, alecrim, h