Elementos e temperamentos



Como diz a Vovó, vamos entender sobre os mimimis. As emoções, tem sido definidas a partir de instintos, impulsos, sensações, percepções, estados corporais, expressões, motivos, manifestações físicas e descarga de energias, que define o que somos. Os aspectos da educação e do sistema contribuem para o equilíbrio ou desequilíbrio das nossas emoções. São as emoções que abrem ou fecham as portas para todas as sensações, através do sentimentos que conduzem nosso olhar para vida, que nos prendem ao passado, nos remete ao futuro.

Mas como lidar com os antigos e pesados sentimentos que estão armazenados em nós? É como se fosse uma granada programada para explodir aos poucos, da não aceitação da realidade que vivemos, acionando os sentimentos tão conhecidos, como: a raiva, a desilusão, a decepção, as mágoas, medos insegurança, na maioria das vezes, ficamos focados no efeito que essas emoções nos trazem e não observamos a necessidade de identificarmos a causa. Temos uma espécie de depósito de antiguidades emocionais, que vão causando danos impedindo a chegada do novo, criando uma ligação direta com a mente, que passa a ver só os impedimentos e dificuldades, atingindo também a área dos relacionamentos afetivos e causando os males do físico.

Cada emoção está ligada a um elemento:

Prithivi é a Terra

Wayú e o Ar

Apas é a Agua,

Tejas o Fogo.

Existem Seres Puros e Co-criadores da Natureza, cada qual responsável por um elemento a que pertence. Porque são elementos básicos da criação. Podemos observar que interiormente possuímos todos os elementos condensados dentro de nós. O ideal é vivenciarmos todos os elementos, seja através do contato com a terra, o ar, o fogo ou água e assim percebermos quando algum excesso ou falta estiver presente. Esse é o verdadeiro contato com o nossos Guias Espirituais, sermos perfeitos internamente. Pensando por este aspecto, somos a terra, representada pelo estômago que tem a função de digerir alimentos sólidos provenientes do solo. Somos o ar, quando respiramos e assim o inalamos através dos pulmões, o combustível necessário para que a máquina, chamada corpo físico, se movimente. Somos o fogo, quando dançamos, corremos e nos apaixonamos, pois o coração é o símbolo dessa energia, que movimenta o sangue pelas artérias e veias do nosso corpo. O sangue contém 95% de água circulando em todo o nosso organismo, além de nascermos através desse elemento.

Elemento Tejas - Fogo

Elementos do fogo, são responsáveis pelas temperaturas mais elevadas do ambiente, sendo considerado o elemento mais intenso de todos, é responsável pelas transmutações, transformações, transições, mudanças, progresso, determinação, assim como a guerra, vingança, luxúria, paixão e por aí vai. Sua força luminosa indica o caminho a ser seguido por aqueles que conhecem e praticam os ensinamentos do universo. O fogo é a chama que acende dentro de nós o amor, faz brilhar nossa aura e nossos olhos, revelando a força de nosso espírito, e nos conduzindo à sabedoria interior. Tem o poder de transformar e desencadear tanto emoções positivas quanto negativas. Possuem especial influência sobre as criaturas de temperamento característico e tempestuoso. Está associado ao entusiasmo e a uma intuição forte, com uma capacidade de rapidamente apreender as coisas. As pessoas do tipo Fogo são carismáticas, vivas, criativas, impetuosas, cheias de energia. Criam mais do que copiam. Têm grande brilho pessoal. Predominam sentimentos como o espírito aventureiro, a vontade de se lançar e o desejo de se fazer notar.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O artista e o gênio criador, o idealista, o aventureiro.

EM EXCESSO: Muito idealismo, fazendo com que demorem mais a compreender como funciona a realidade. Algumas pessoas com excesso do elemento podem ter dificuldade com coisas práticas, como organizar, ordenar, pagar contas, ir ao banco, etc. Por isso, cercam-se de executores e pessoas práticas, os tipos TERRA.

EM FALTA: Baixa confiança em si mesmo. Forte necessidade de se fazer notável. Cercam-se de pessoas criativas.

PARA COMPENSAR A FALTA DE FOGO: Significa preencher a autoconfiança e sentir- se especial de algum modo. Em primeiro lugar, devem procurar o sol da manhã, que traz alegria e vitalidade. Atividades de lazer, como esportes ou diversões ajudam a expressarem suas personalidades e descobrirem a ‘criança interior’. Igualmente, podem entrar em contato com crianças, envolvendo-se com suas brincadeiras e seu mundo mágico de fantasia.

Elemento Wayú - Ar

A sintonia com os elementos do ar confere acesso à inspiração e às faculdades mentais. Ajuda a coordenar e verbalizar as nossas percepções mais sutis. Estimula a liberdade e o equilíbrio mental. Para recarregar o seu elemento primordial, que é o ar e o fogo, e assim fortalecer a ordem pessoal, é preciso o contato com o ar puro. Está associado ao pensamento. Indica interpretar a vida através da mente. As pessoas do tipo Ar são inquietas, comunicativas, têm necessidade de mobilidade e variedade, independentes, curiosas. Têm facilidade em se comunicar e interpretar o mundo. Tomam decisões a partir da ética e do pensamento. Predominam sentimentos como a necessidade de espaço e de, ao mesmo tempo, relacionar-se com pessoas.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O intelectual, comunicador, escritor.

EM EXCESSO: Tentam entender tudo pela mente, tendo dificuldade em entrar em contato com sentimentos básicos, como carência ou dependência. Podem ter pouca empatia quando não compreendem uma situação. Por isso, cercam-se de pessoas sensíveis, do tipo ÁGUA, que "acordem" os sentimentos que estão dentro de si.

EM FALTA: Pouca confiança em sua capacidade intelectual. Falta de flexibilidade para compreender outros pontos de vista. Querem ser percebidos como pessoas inteligentes e sagazes. Cercam-se de pessoas com facilidade em manipular conceitos abstratos e estabelecer relações.

PARA COMPENSAR A FALTA DE AR: Significa soltar-se e utilizar livremente a sua capacidade de estabelecer associações e conexões. Devem procurar jogos e entretenimentos que mantenham seus sentimentos em ’suspenso’, enquanto estão envolvidos, e estimulem a capacidade de analisar uma situação pela mente. Podem servir para isso, também, livros, sobretudo de humor ou de conhecimento. Podem fazer exercícios respiratórios e aeróbicos. A expressão "vá buscar ar puro" está ligada ao fato de caminhadas ou exercícios "desanuviarem" sentimentos opressivos ou melancólicos, e também trazerem uma nova compreensão sobre a situação em que vivem.

Elemento Apas - Água

O calar, o guardar, o silenciar. Responsáveis pela depuração ou purificação das águas. Despertam e estimulam a natureza emotiva, realçando nossa intuição e a nossa sensibilidade, além das energias da criação e do nascimento, bem como a premonição e imaginação criativa, aumentando a criatividade em nossas vidas. A sintonia com a sua ondinha pessoal melhora o desempenho das funções da circulação dos fluidos corporais, tais como, o sangue e a linfa. A retenção de água no organismo é indício de desequilíbrio desse elemento, quando isso ocorre, passamos a maior parte do tempo concentrados em nossos pensamentos nos esquecendo dos sentimentos.

O excesso do elemento água, nos torna muito passionais, além de gerar exagerada sensualidade, medo e isolamento, a água realmente é um mistério divino da criação da Grande Mãe Natureza. Está associado ao sentimento. Indica interpretar a vida através das emoções. As pessoas do tipo Água são sensíveis, perceptivas, empáticas, têm necessidade de se ligarem emocionalmente. Tomam decisões a partir de necessidades interiores. Predominam sentimentos como a busca de aconchego e de uma reação emotiva do mundo.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O emotivo, o místico, o artista sensível.

EM EXCESSO: Podem não ter uma "linha" de direção, agindo sempre ao sabor dos sentimentos. Hipersensíveis, reagem a tudo ao redor. Também não conseguem ver seus problemas sob uma perspectiva mais clara e ampla, por isso, cercam-se de pessoas capazes de proporcionar o distanciamento dos seus sentimentos a fim de não serem tão afetados por eles.

EM FALTA: Poucos "instrumentos" para lidar com os sentimentos dentro de si. Sentem todo o impacto deles ou não sentem nenhum impacto. Ligam-se a tudo o que permita ligarem as suas emoções, como a música ou outras associações com base emotiva. Cercam-se de pessoas emotivas, com livre acesso aos seus sentimentos.

PARA COMPENSAR A FALTA DE ÁGUA: Significa entrar em contato com os próprios sentimentos. Em primeiro lugar, buscar a Água, símbolo de sentimento em qualquer cultura. A pesca ou o nado ou a simples observação do mar coloca a pessoa em contato com o inconsciente. Também buscar a música, que igualmente tem um poderoso efeito sobre o inconsciente, despertando sentimentos que possam estar reprimidos. O desenho, a modelagem ou a pintura igualmente ativam sentimentos


Elemento Prithivi - Terra

O saber, o escudo. Buscar não apenas o equilíbrio, mas a sabedoria daqueles que buscam a força da terra para evoluir, resumindo, é através do equilíbrio de todas as forças, tanto acima como abaixo, que materializamos nossos sonhos. De nada adianta possuir o intelecto mental, a energia e a coragem da realização, o equilíbrio das emoções, se não estivermos centrados no momento presente, ou seja, o aqui e agora. Está associado ao espírito prático e construtor. A Terra se pauta pela sensação, sentido que se guia pela realidade. As pessoas do tipo Terra são sistemáticas, realistas, realizadoras, persistentes, organizadoras, pacientes. Seguem modelos consagrados e que já deram certo. Fazem com que projetos virem realidade. Predominam sentimentos como a segurança, a necessidade de consolidar, de se adequar à realidade e obter sucesso nela e de usar o bom senso.

PERSONALIDADES TÍPICAS: O empreendedor, o realizador, o mantenedor.

EM EXCESSO: Reagem de modo muito materialista, guiando suas opiniões apenas em termos do que é válido e real. Pode se aferrar a rotina, tendo pouco espaço para a imaginação e criatividade. Por isso, cercam-se de pessoas vivas e idealistas, os tipo FOGO.

EM FALTA: Pouca segurança interior e dificuldade em lidar com a realidade. Quer ter sucesso material (maioria homens) e/ou ser bonito e atraente (maioria mulheres). Cercam-se de pessoas práticas e realistas.

PARA COMPENSAR A FALTA DE TERRA: Significa preencher a falta de segurança interior e "conectar" a pessoa a realidade. Devem procurar o contato com a terra, como andar descalço em um jardim ou manipular argila, areia ou barro. Também podem ter um animal de estimação, o qual exige o desenvolvimento dos atributos terra, como cuidar da alimentação, dar banho, vacinar e afagar.



0 visualização